Educação para o Pensar

Ser articulado e ter uma boa capacidade para assimilar os conteúdos aprendidos em aula é muito importante, mas ter maturidade emocional, capacidade de organização, disciplina e ser sociável também faz toda a diferença na vida escolar do aluno, bem como é fundamental para o seu futuro profissional.

Todos esses traços de personalidade podem ser desenvolvidos e estimulados ao longo da vida. É por isso que nas disciplinas de Filosofia e Educação para o Pensar, o Colégio Iguatemy foca precisamente em incitar e incentivar nos alunos essa capacidade de sociabilidade e interação com o mundo ao redor. Isso é feito em um programa curricular devidamente pensado e estruturado, porque acreditamos que essas habilidades merecem tanta atenção como as outras matérias.

Ajudar o aluno a pensar e questionar, duvidar e argumentar, são ações que contribuem para o desenvolvimento de capacidades não cognitivas essenciais para o desenvolvimento pleno do estudante.

Depois de um extenso estudo bibliográfico, o Instituto Ayrton Senna em parceria com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), agrupou as seis habilidades não-cognitivas mais importantes para serem desenvolvidas.

  1. DETERMINAÇÃO

Uma pessoa determinada não se deixa abater, apesar das dificuldades e dos obstáculos que encontra no caminho. No campo da aprendizagem, por exemplo, vemos a determinação exemplificada na organização e focos nos estudos. O aluno perseverante planeja seus estudos com responsabilidade e persiste no caminho que traçou.

  1. COLABORAÇÃO

Saber trabalhar em equipe é fundamental para quem deseja uma vida acadêmica e profissional bem-sucedida. Afinal, ninguém faz nada sozinho e essa máxima vale tanto para um trabalho em grupo, por exemplo, ou um projeto desenvolvido na empresa. Saber lidar com diferentes personalidades e formas de trabalho é essencial. Então, ser educado, gentil, confiável e solidário está no topo das características de quem sabe trabalhar em grupo.

  1. SOCIABILIDADE

Um aluno sociável sabe interagir com os outros, administra bem os seus sentimentos e sensações, se destaca dos demais, ganhando respeito de quem o rodeia. É uma habilidade fundamental para toda a vida, pessoal e profissional.

  1. ESTABILIDADE EMOCIONAL

 Ter estabilidade emocional é saber lidar com as situações quando as coisas saem fora do eixo. É normal vivenciar momentos de estresse, mas a forma como lidamos com isso, sabendo controlar sentimentos negativos, como impulso, ansiedade e raiva, nos traz força e resiliência, características importantes para toda a vida.

  1. PROTAGONISMO

Temos de ser protagonistas da nossa própria história, sem delegar tarefas e valores que cabe a nós ter. Quem desenvolve essa capacidade confia no seu próprio aprendizado e consegue diferenciar a sua participação nas circunstâncias da vida
daquelas que são decorrentes de fatores externos.

  1. CURIOSIDADE

Ser curioso é estar aberto a novas experiências e interesses, não ficando estático mas buscando crescimento a partir de novas descobertas. Uma pessoa com essa habilidade vai arriscar mais, porque sempre vai ter sede de aprender coisas novas.

         A escola pode e deve ensinar o aluno a pensar sozinho. Não basta oferecer a melhor tecnologia e os materiais didáticos mais avançados se o professor se limitar a transmitir a matéria. Uma escola que se preocupa com a formação dos seus alunos como futuros cidadãos atuantes e construtores da nossa sociedade deve ver a Educação para o Pensar como um importante pilar do ensino.

         Nosso papel, enquanto educadores, deve ser preparar os alunos para que eles possam pensar por si próprios e serem capazes de tomar suas próprias decisões. Só assim estaremos construindo um futuro melhor, liderado por cabeças pensantes, que farão a diferença na sociedade.

 

Tags: Aulas Extras , Disciplina e autonomia

Colégio Iguatemy